Quiropraxia – Aquela dor nas Costas que não quer cessar

A Quiropraxia pode ser a solução para a dor nas costas! Mais de 60% da população tem ou irá ter dor nas costas um dia na vida. Existem diversos tratamentos para as dores de coluna, entre eles destacam-se a Quiropraxia.

Você sabia que dor nas costas tem solução? A Quiropraxia (link externo) é um método que está sendo bastante procurado para o tratamento de dores na coluna. Isto por que, a manipulação da espinha, acompanhada de outras técnicas não tão convencionais, como compressa quente e acupuntura, estão mostrando excelentes resultados na hora de tratar aquela mal-dita dor nas costas! Quem nunca teve, logo ao acordar, aquela dor incômoda que não permitia mover-se e sair da cama? Recentemente eu levei meu filhote à escola, e logo quando cheguei ao meu trabalho, parecia que uma de minhas costelas estavam “rasgando” a carne por dentro. Foi terrível! Não consegui trabalhar, tive de voltar para casa (que era um tanto quanto perto), me deitar e esperar a dor passar. Caí no sono, e ao acordar, ainda estava doendo um bocado!

Só então que decidi buscar um quiropraxista e acabei encontrando o Dr. Roberto Hentz, que me atendeu prontamente. A experiência foi muito boa! Aperta daqui, gira dalí, esmaga osso acolá… em fim, com apenas uma hora de tratamento, a quiropraxia conseguiu aliviar totalmente minha dor e pude voltar para casa e trabalhar tranquilamente.

Vale ressaltar que muitas das dores nas costas passam com o tempo, nem tudo é ‘bico de papagaio’ ou coisa semelhante… há dores temporárias, e crônicas. Por isso, na dúvida, o ideal é sempre buscar um profissional em terapias manuais, como a quiropraxia ou mesmo a massagem. Se ainda sim não resolver, o processo é mais longo: hospital, raio-x da coluna e por aí vai…

Vídeo do Dr. Roberto Hentz

Como sou de Curitiba, posso indicar a quem está lendo este artigo sobre o trabalho do Roberto. Ele me atendeu gigantescamente bem!

Segue o link do texto explicativo sobre a quiropraxia: clique aqui

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *